Domingo, 12 de Março de 2006

As quatro fases dos Protectores de Animais



Um enorme sorriso.jpg



II Fase

O nosso entusiasmo inicial tornou-se amargo. Vemos as mesmas pessoas a abandonar animais. Elas não ouviram a nossa mensagem. Até mesmo os nossos amigos (aqueles que ainda não nos abandonaram) não nos compreendem. Parece que não conseguimos atingir ninguém.
Os animais ainda são maltratados e negligenciados. O sofrimento dos animais continua, apesar de todos os nossos esforços. Perdemos a energia sem fim que tínhamos na fase 1. Não queremos mais falar sobre o trabalho, e nem mesmo admitimos onde trabalhamos. Estamos sempre cansados. Parece que passamos o dia todo na luta em prol aos animais. Quando chegamos em casa fechamos as portas, desligamos a secretária electrónica e fechamos as persianas. Estamos muito exaustos para cozinhar, partimos para fast food, pizza, batatas fritas ou chocolates.
Alguns de nós compram objectos desnecessário que nem sequer podem pagar. Alguns partem para o alcoolismo para tentar afastar o sentimento de desespero.
Ignoramos a nossa família, e até mesmo os nossos próprios animais não têm a atenção devida. Parece até que não temos forças para por em acção nenhuma das mudanças que nos impulsionaram na fase 1. Ficamos horrorizados com o trabalho que fazemos. Até mesmo nossos sonhos são repletos de horrores. Cada animal que resgatamos e sacrificamos é um lembrete de nosso fracasso. De alguma forma nos culpamos por todo este insucesso. Isto destrói-nos!!!
O nosso escudo de defesa torna-se cada vez mais alto, bloqueando a dor e a tristeza. Apenas ele faz com que as nossas vidas se tornem de alguma forma mais toleráveis.
Apenas continuamos porque dentro de nós ainda resta uma fagulha da fogueira de energia da fase 1.



Douglas Fakkema


publicado por claudiapcs às 23:12
link do post | comentar | ver comentários (38) | favorito
|
Quinta-feira, 2 de Março de 2006

As quatro fases dos Protectores de Animais



raposinha.jpg


I Fase

"Determinados, estamos decididos a mudar o mundo. Sabemos que podemos fazer diferença, que os nossos esforços em favor dos animais vão aliviar as suas difíceis condições. Trabalhamos o que parecem ser 25 horas por dia e ainda assim estamos com energia. Os nossos entusiasmos ultrapassam os limites, a nossa capacidade de aceitar desafios é infinita!
Comemos, dormimos e vivemos para a causa animal. Os nossos amigos não entendem a nossa obsessão e afastam-se ou simplesmente vão embora, ou nós os abandonamos, pois encontramos novos amigos. Alguns, contudo, não fazem novos amigos, estão muito ocupados a trabalhar na causa animal.
Alguns de nós tornam-se solitários, apenas a companhia dos nossos cães e gatos nos separam da total isolação. Todavia estamos satisfeitos porque trabalhamos para uma causa. Em nosso entusiasmo, tentamos encontrar soluções simples para problemas complexos - Todos os animais devem ser castrados - Nenhum animal deve ser sacrificado!
Estamos sempre atrasados porque tentamos resgatar animais das estradas e ruas. Achamos que entendemos o problema e sabemos que podemos solucioná-lo se as pessoas saírem do nosso caminho."



Douglas Fakkema

publicado por claudiapcs às 22:39
link do post | comentar | ver comentários (14) | favorito
|
Quarta-feira, 15 de Fevereiro de 2006

CITAÇÃO



burro.jpg



"Burro é o quadrúpede que tem no seu interior não o tesouro da ciência, mas o da opulência."



A. de Castro Lopes
publicado por claudiapcs às 19:03
link do post | comentar | ver comentários (18) | favorito
|
Terça-feira, 7 de Fevereiro de 2006

Beleza natural



494393.jpg

(Foto tirada da net)


A Beleza da Natureza é algo inexplicável, a maneira como tudo que nos rodeia está interligado é fenomenal, desde uma simples molécula até a um animal... Actualmente decorrem campanhas de solidariedade para com os animais. É bom ver que muitas pessoas aderem ajudando na divulgação dessas campanhas, mas todos sabemos que nos dias de hoje a sensibilidade e o bom senso é aquilo que falta a muita gente. Atrevo-me mesmo a dizer que muitas das pessoas que aderem não é por sensibilidade e compaixão mas só porque fica bem, porque nos dias de hoje, qualquer pessoa que reverta a favor dos animais é uma boa pessoa. E os sentimentos? Não existem? É óbvio que os sentimentos só existem e dão fruto naquelas pessoas que sentem o amor aos animais e os amam de igual modo. A Natureza é bela desde que seja vista de uma bela forma.



Cláudia
publicado por claudiapcs às 00:14
link do post | comentar | ver comentários (17) | favorito
|
Sexta-feira, 27 de Janeiro de 2006

A partilha...



Timon 004.jpg

(Foto de Cláudia)



Mais uma fotografia da nossa mascote, desta vez pronto para dar uma lambidela à fotografa.
É nestes momentos engraçados e cheios de vivacidade que sentimos a presença e a falta de um companheiro com quem partilhar as nossas alegrias e tristezas. Certamente, todos nós temos mais do que uma boa recordação dos nossos animais. A Natureza é bela e todos os seus seres o são igualmente.



Cláudia

publicado por claudiapcs às 19:38
link do post | comentar | ver comentários (21) | favorito
|
Sábado, 14 de Janeiro de 2006

União Animal



438017.jpg


(Foto tirada da net)



Estava a admirar esta foto e decidi postá-la, talvez pela ternura que transmite, pelos laços que muitas vezes os animais são capazes de criar entre eles, e os humanos morrem sem os chegarem a sentir. É tão inútil a vida sem amigos, sem os nossos amigos. Já pensaram que o mundo tornar-se-ia monótono, sempre com as mesmas figuras, acontecimentos. Já nada seria surpresa para nós, enquanto que os animais estão nos sempre a surpreender, são originais nos seus actos, tentam sempre o seu melhor e a recompensa é sempre merecida.
Toda a gente sabe o trabalho e empenho que, muitas vezes, os nossos amigos têm. Eles sim, não fazem aquilo sem a intenção da recompensa mas pela necessidade que sentem em ajudar o seu parceiro. Acho que devemos tornar-nos naquilo que os animais também são para nós, fiéis companheiros, sempre presentes e, sobretudo, sem esperarem nada em troca senão de cada vez mais amor. Mais uma vez digo que admiro muito o trabalho deles, eles que lutam pela sobrevivência e contra a ameaça da humanidade.



Cláudia

publicado por claudiapcs às 11:19
link do post | comentar | ver comentários (29) | favorito
|
Sábado, 31 de Dezembro de 2005

Caracterização geral



435701.jpg

(Foto tirada da net)



Após mais um ano passado, marcado por grandes acontecimentos em todas as áreas, compete-me fazer um balanço deste ano em relação aos animais e visitantes assíduos que comentam este blog.
Ao longo de um ano e três meses pude observar que a evolução deste blog foi progredindo o que me deixa muito feliz porque sinto que vocês comentam e partilham da minha sensibilidade e compaixão para com os nossos amigos. Muito obrigada!
Quanto aos nossos amigos, fiéis amigos, continuam a precisar da nossa ajuda, porque existem países em que são considerados autênticos objectos, o nosso país também está incluído. Como será possível torturar os animais para obtenção de peles para peças de roupa e outros acessórios, e apenas uma parte da sociedade tem acesso? Qual será a ideia que as crianças, sobretudo, fazem destas cenas bem como dos protagonistas das mesmas? Não percebo qual é a lição de vida que os adultos querem passar aos seus rebentos se continuam a agir desta forma. São as minhas últimas reflexões antes da chegada do novo ano, que espero seja melhor em todos os aspectos, sobretudo a nível dos animais. Façam sentir que os animais são sempre bem-vindos porque, afinal, o mundo também é deles.



Cláudia

publicado por claudiapcs às 12:40
link do post | comentar | ver comentários (45) | favorito
|
Sábado, 24 de Dezembro de 2005

Um desejo...



cachorro3.jpg

(Foto tirada da net)



Em nome de todos os animais, desejo Feliz Natal a todos os meus visitantes e apreciadores.
Uma lambidela,

Timon de Mataiotez


publicado por claudiapcs às 12:54
link do post | comentar | ver comentários (29) | favorito
|
Sábado, 17 de Dezembro de 2005

Solidariedade



438593.jpg

(Foto tirada da net)



Todos os anos as várias associações de animais promovem campanhas de solidariedade para com os animais, com o intuito de lhes proporcionarem um futuro melhor, contribuindo com alimentos e abrigo. Ainda bem que estas instituições existem e ainda bem que as pessoas caridosas participam com agrado nestas ocasiões. Mas a questão está, e noutras ocasiões? Parece ridículo falar nisto mas a verdade é que as pessoas só se lembram de contribuir na época natalícia, como se em outras épocas o seu contributo não fosse necessário e extremamente essencial. Bem-haja às pessoas que são capazes de ver um cachorro abandonado e dar um naco do seu pão, às pessoas que os recolhem e ficam com eles e mesmo as que contribuem, mas e nas alturas fora da quadra natalícia? Quem ajuda os animaizinhos abandonados? Quem lhes dá carinho? Pena, também, que muitos dos contribuintes contribuam por favor e não pelo seu sentir, só porque fica bem e assim a sua consciência não pesa porque já deu o seu contributo. Os animais, tal como os outros seres, não precisam só da nossa solidariedade num único dia mas todos os dias porque o Natal é sempre que um homem quiser.



Cláudia
publicado por claudiapcs às 19:48
link do post | comentar | ver comentários (39) | favorito
|
Sexta-feira, 9 de Dezembro de 2005

CITAÇÃO



177510.jpg

(Foto tirada da net)



"No Zoológico, os animais não vivem; são vividos pelos olhos dos visitantes."

Carlos Drummond de Andrade
publicado por claudiapcs às 00:01
link do post | comentar | ver comentários (40) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. As quatro fases dos Prote...

. As quatro fases dos Prote...

. CITAÇÃO

. Beleza natural

. A partilha...

. União Animal

. Caracterização geral

. Um desejo...

. Solidariedade

. CITAÇÃO

.arquivos

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Setembro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds